Menu Fechar

Diogo Novo Carvalho

Diogo Novo Carvalho (1986) é doutorando em Estudos Artísticos (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 2019- ), investigador colaborador (CEIS20/Universidade de Coimbra, 2019- ), mestre em Composição e Teoria Musical (Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, Instituto Politécnico do Porto, 2013) e em Ensino da Música (Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa, 2017). Como compositor tem realizado um trabalho diversificado e profundo sobre a articulação de modelos temporais associados à noção de silêncio, com obra interpretada em festivais como Festival Artes Vertentes no Brasil (2021), Festival Música Viva em Lisboa (2020), Aveiro_Síntese em Aveiro (2018 e 2020), Festival 20.21 em Évora (2018), Dias da Música Eletroacústica em Seia (2017), e encomendada por associações, intérpretes e formações como Francisco Béreny (guitarra), Ricardo Pires (saxofone), Frederic Cardoso (clarinete), Duo Sofia Leandro e Bruno Santos (violino e percussão), Arte no Tempo e Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa (MPMP).

(última actualização: 2021)