Menu Fechar

Henri Pousseur

Henri Pousseur (Malmedy, 1929 – Bruxelas, 2009) estudou no Conservatório de Liége com Pierre Froidebise e André Souris, professores que o iniciaram na música de Webern. Trava conhecimento com Boulez e com Stockhausen que lhe proporciona a oportunidade de trabalhar no Estúdio de Colónia, enquanto participa regularmente nos cursos de verão de Darmstadt. Destacando-se da sua produção desta altura, as obras Séismogrammes, Symphonies à quinze solistes e o Quinteto à memória de Webern, Scambi (para fita magnética), que produziu no Estúdio de sonologia de Milão.
Funda, em Bruxelas, o seu próprio estúdio, em 1958. Marcado pelo serialismo pós-weberniano, trabalha no sentido de um alargamento da sua técnica serial com integração da música do passado. Foi professor na Universidasde de Buffalo (1966-1968) e fundou o Centro de pesquisas musical na Valónia (1970), com Pierre Bartholomée e Philippe Boesmans. Foi nomeado director do Conservatória de Liège, em 1975, e dirigiu o Instituto de Pedagogia Musical, em Paris.
Foi ainda Compositor Residente na Universidade da Louvaina, de 1993 a 1998. A partir do seu próprio trabalho composicional, desenvolveu uma intensa actividade teórica, do mais alto relevo.
A sua obra está publicada na Universal Edition (Viena), e na Suvini Zerboni (Milão). O seu espólio foi depositado na Fundação Sacher, na Basileia.

Scroll Up