Menu Fechar

Ângela da Ponte

Doutorada pela Universidade de Birmingham (Reino Unido), Ângela da Ponte vive actualmente no Porto, onde desenvolve as actividades de compositora e de colaboradora na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, leccionando ainda no Conservatório Regional de Música de Vila Real. Do seu trabalho, destaca a participação no 8º Workshop Orquestra Gulbenkian para Jovens Compositores Portugueses, onde estreou a peça EKIS III, sob a direcção de Joana Carneiro. Em 2011, foi Jovem Compositora Residente na Casa da Música, escrevendo para a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música (direcção de Michael Sanderling), Remix Ensemble Casa da Música (direcção de Emílio Pomárico) e Nuno Simões (vencedor do Prémio Jovens Músicos 2010, percussão). Outros projectos em 2012 incluem a colaboração com o músico residente no CCC Caldas da Rainha– Sérgio Carolino (tuba)– escrevendo para o DUO XL e o ensemble TUBAX e, ainda, o projecto– 21 KHz– de que é co-fundadora, juntamente com o compositor Dimitris Andrikopoulos- projecto que se define como sendo “um interesse comum dos dois compositores/performers em explorar e experimentar o potencial expressivo de sons concretos e a sua manipulação com vários media”. Em Março de 2014 colaborou com a Orchestre National d’Île de France e o Choeur Régional Vittoria d’Île de France, resultado de uma encomenda da orquestra para compor um acompanhamento orquestral da obra a cappella: Psaume 92 D953, de Schubert. Nesse mesmo ano, foi convidada pela própria orquestra para ser membro do júri no concurso de composição Île de créations. A sua música tem sido tocada regularmente em Portugal, no Reino Unido com o BEAST (Birmingham ElectroAcoustic Studio Theatre) em concertos no Ikon Gallery, CBSO e Elgar Concert Hall (Birmingham), México (Festival Visiones Sonoras 2016), Polónia (Audiokineza), Colômbia e Espanha.

Scroll Up