Menu Fechar

Luís Carvalho

Maestro, compositor e clarinetista, Luís Carvalho apresentou-se em recitais e concertos um pouco por todo o mundo, muitas vezes estreando as suas próprias obras e de outros compositores, portugueses e estrangeiros, várias das quais tendo-lhe sido expressamente dedicadas. Doutorado em Música pela Universidade de Aveiro, foi galardoado em diversos concursos, destacando-se o Prémio para o melhor aluno do curso (ESMAE/1994) e os prémios obtidos no Concurso de Interpretação do Estoril (2001), no 4º Concurso Internacional de Composição da Póvoa de Varzim, pela sua obra orquestral Metamorphoses… hommage à M. C. Escher (2009), e no 1º Prémio de Composição Francisco Martins, da Orquestra Clássica do Centro, pela sua obra Mosaico, também para orquestra (2017). Foi ainda vencedor da Audição para Jovens Maestros, organizada pela Orquestra Metropolitana de Lisboa (2010), e nomeado para o Prémio Autores da SPA 2012 por outra sua obra orquestral, Nise Lacrimosa.
Tem dirigido as orquestras Sinfónica Portuguesa (Lisboa), Nacional do Porto, Metropolitana de Lisboa, Orquestra do Algarve, Filarmonia das Beiras (Aveiro), Clássica da Madeira, Orquestra de Câmara Portuguesa (Lisboa), Sinfónica da Póvoa de Varzim, Sinfónica da Universidade de Aveiro, Sinfónica da ESART (Castelo Branco), Sinfónica do Conservatório de Música do Porto, Sinfónica da EPMVC (Viana do Castelo), Clássica de Espinho, Banda Sinfónica Portuguesa e Orquestra de Sopros da ESML. No estrangeiro, apresentou-se com agrupamentos vários na Rússia, Itália, Hungria, Espanha e Finlândia. É fundador e director artístico/musical da Camerata Nov’Arte (Porto), com a qual tem desenvolvido projectos artísticos inovadores, incluindo uma aclamada digressão ao Brasil (2013).
Obras suas têm sido apresentadas em Portugal, Espanha, França, Alemanha, Holanda, Venezuela e Brasil. É docente da Universidade de Aveiro.
www.luiscarvalho.com

(última actualização: Janeiro de 2019)

Scroll Up