Menu Fechar

Joanna Bailie

Radicada em Berlim, Joanna Bailie (Londres, 1973) estudou composição com Richard Barrett e música electrónica no Real Conservatório de Haia (Países Baixos). Em 1999, recebeu uma “fellowship” para estudar na Universidade Columbia. Concluiu o Doutoramento na Universidade da Cidade de Londres, em 2018.
A sua música tem sido interpretada por grupos como o Ensemble Musikfabrik, Klangforum Wien, L’instant Donné, EXAUDI, Ensemble Mosaik, Ictus Ensemble, 2e2m, Plus-Minus Ensemble, Ensemble Nadar, KNM Berlin, Asamisimasa, Neue Vocalsolisten Stuttgart, The London Sinfonietta, The BBC Scottish Symphony Orchestra, The SWR Vokalensemble e the Ives Ensemble. Tem sido programada em eventos como Donaueschinger Musiktage, ECLAT, Biennale de Veneza, Huddersfield Contemporary Music Festival, SPOR Festival, MaerzMusik, Festival Reims Scènes d’Europe, Tuned City, Rainy Days Festival Luxembourg, Darmstadt, Borealis e Ultima, na Noruega, e Transit Festival, na Bélgica.
As suas obras mais recentes incluem música de câmara e instalação, caracterizando-se pelo uso de gravações de campo conjuntamente com instrumentos acústicos. Joanna Baille interessa-se também pela interacção entre o áudio e o visual, como se verifica nas suas obras para camera obscura, que incluem a instalação The place you can see and hear e a peça de teatro-música Analogue.
Com o compositor Matthew Shlomowitz, Joanna Baille fundou e é directora artística do Ensemble Plus-Minus. Em Maio de 2010, foi curadora convidada do SPOR Festival, em Aarhus (Dinamarca) e, em Setembro de 2015, programou e produziu o Cut and Splice Festival, para a BBC Radio 3. Tem ensinado Composição na Universidade da Cidade de Londres, na Academia Real de Música de Aarhus, na Academia de Composição de Luxemburgo, e no 47º Curso Internacional de Verão de Darmstadt de Música Contemporânea. Em 2016, recebeu uma bolsa DAAD Berlim.

joannabailie.com

(última actualização: Janeiro 2020)

Scroll Up