Menu Fechar

Anton Webern

Anton Webern (Viena, 1883 – Mittersill, 1945) era ainda estudante de musicologia, na Universidade de Viena (onde se doutorou em 1908), quando se tornou aluno particular de Arnold Schönberg, no outono de 1904, encetando assim uma longa amizade e devoção que perdurariam até ao final da sua vida. O grupo que formava com o mestre e com o seu colega Alban Berg – e com outros, que menos se destacaram, como os seus colegas de universidade, Karl Horwitz e Heinrich Jalowetz, ou Erwin Stein e Egon Wellesz – ficou conhecido como Segunda Escola de Viena, por analogia com o grupo dos clássicos vienenses.
Webern terá sido não só o primeiro aluno privado de Schönberg, como aquele que mais longe chegou na utilização do sistema dodecafónico, aplicando-o com maior rigor do que o próprio mestre e, por isso, fascinando diferentes gerações de compositores. A forma como organizou ritmo e dinâmica, associada ao inexcedível tratamento
das alturas, mereceram-lhe um distinto grupo de seguidores que, também eles, procuraram levar mais longe o legado de que eram herdeiros. Entre esses novos serialistas, da escola de Darmstadt, encontram-se Stockhausen e Boulez. Com o espírito de concisão que Webern revela nos seus aforismas, a obra quase se confunde com a própria série, determinando, na sua essência, os diferentes planos da obra consumada.

Scroll Up