Menu Fechar

Enno Poppe

© Harald Hoffmann

Residente em Berlim desde 1990, Enno Poppe (Hemer/Sauerland, 1969) é um dos mais importantes compositores das novas gerações, na Alemanha. Como maestro, é membro do ensemble mosaik desde 1998. Estudou direcção e composição na Universidade de Artes de Berlim, com Friedrich Goldmann e Gösta Neuwirth, entre outros. Estudou também síntese sonora e composição algorítmica na Universidade Técnica de Berlim e no Centre de Arte e Média de Karlsruhe (ZKM).
Além de bolsas de diversas instituições, entre as quais a Academy Schloss Solitude (Estugarda) e a Villa Serpentara (Olevano Romano), recebeu os prémios Boris Blacher 1998, Prémio de Composição da Cidade de Estugarda 2000, Prémio Busoni de Composição da Academia de Artes de Berlim 2002, bolsa da Fundação Ernst von Siemens 2004, Prémio Schneider-Schott 2005, Prémio da Fundação Kaske 2009 e Prémio da Fundação Hans e Gertrud Zender 2011. Após dois anos em que ensinou na Academia de Música Hanns Eisler (Berlim), Enno Poppe deu aulas em diversas ocasiões nos Cursos de Verão de Darmstadt, entre 2004 e 2010 , assim como seminários de composição na Academia Impuls Graz (Áustria).
Enno Poppe é membro da Academia de Artes de Berlim, da Academia de Ciências e Artes de Düsseldorf, da Academia de Belas Artes de Munique. À escala global, a sua música tem sido apresentada pela grande maioria dos agrupamentos de reconhecido mérito, nos mais conhecidos festivais de música contemporânea. As suas obras têm resultado de encomendas dos Wittener Tage für Neue Kammermusik, Berliner Festwochen e dos festivais berlinenses Ultraschall e MaerzMusik, ECLAT de Estugarda, musica viva e the music theater biennale em Munique, assim como nos Donaueschinger Musiktage e Festival de Salzburgo.
As suas obras têm surgido em diversas editoras discográficas, pelo ensemble mosaik, entre outros agrupamentos, e são publicadas pela RICORDI Munique.

(última actualização: Janeiro 2020)

Scroll Up