Menu Fechar

Vertixe Sonora

Vertixe Sonora é um colectivo flexível que integra solistas de música contemporânea da Galiza e de Portugal. Desenvolvendo uma programação diversificada que dinamiza o a cena musical europeia, o Vertixe Sonora rapidamente se tornou uma referência para a última geração internacional de compositores, que encontra nas suas produções uma oportunidade de desenvolver propostas musicais com uma perspectiva artística global e em permanente busca da excelência artística.
Desde a sua estreia, em 2011, no Festival Vía Stellae em Santiago de Compostela, até finais de 2020, o Vertixe Sonora realizou 180 concertos e promoveu 190 estreias absolutas de obras de compositores de 37 nacionalidades diferentes. Celebra uma década de produções próprias e de concertos por diferentes festivais e ciclos em Espanha e o reconhecimento internacional do agrupamento que se apresentou na Alemanha, Estados Unidos da América, França, Itália, México, Portugal, Suécia e Suíça.
Prémio Martín Codax 2016 de música contemporânea de tradição erudita, o seu trabalho figura nos documentários Sonutopias (campUSCulturae da Universidade de Santiago de Compostela, 2014), Correspondencias Sonoras (Manuel del Río, 2013) e La lira del desierto (Manuel del Río, 2020), este último celebrando o 60º aniversário do nascimento do compositor Enrique X. Macías (ele próprio com uma forte ligação a Portugal).
Além de um CD com as obras finalistas do XXVI premio Jóvenes Compositores Fundación SGAE-CNDM, o Vertixe Sonora gravou para a WERGO o ciclo Die Wanderung, da compositora Lula Romero e, para a NEOS, The Dimension of the Fragile, álbum monográfico do compositor Víctor Ibarra.

vertixesonora.net

[última actualização: Outubro 2021]

Scroll Up