Menu Fechar

Portugal|Japão

Porto | Casa da Música > 16 de Novembro de 2021
Aveiro | Reitoria da Universidade > 18 de Novembro de 2021
Lugo | Museo Interactivo da Historia de Lugo > 20 de Novembro

Kuniko Kato e Nuno Aroso

• Atsuhiko Gondai (1965) | nova obra para duo de percussão* [2021]

• Akira Miyoshi (1933-2013) | Torse II [1965]

• Inès Badalo (1989) | nova peça para percussão solo* [2021]

António Chagas Rosa (1960) | nova peça para duo de percussão* [2021]

* estreia absoluta; encomenda da Arte no Tempo financiada pela Direcção Geral das Artes

Portugal e Japão partilham um conjunto de palavras, lugares e memórias, frutos da inestimável herança de viagens de outrora.
Desde sempre fascinado por estes movimentos e seus intrépidos protagonistas, desde os pioneiros até, por exemplo, Wenceslau de Moraes, Nuno Aroso iniciou um processo de exploração das afinidades musicais entre as duas culturas, o que o conduziu à necessidade de expor essa “contaminação” cultural à área da música dos nossos dias.
Kuniko Kato, figura maior da percussão japonesa, junta-se a Nuno Aroso e, juntos, explorarão os universos paralelos do instrumental clássico e do tradicional, na companhia de dois criadores de valor incontestável: António Chagas Rosa (Lisboa, 1960) e Atsuhiko Gondai (Tóquio, 1965).
No mesmo programa, Aroso estreia uma peça de Inès Badalo.

Após estrear na Casa da Música, o projecto será apresentado em Aveiro, no âmbito dos Festivais de Outono, e em Lugo, no contexto do Ciclo de Música Contemporânea ‘MIHLSons-XXI‘, estando ainda prevista uma digressão no Japão.

Scroll Up