Menu Fechar

o nosso design

É no Camboja que David Pinho desenvolve actualmente plena actividade enquanto designer e professor universitário. De lá nos envia regularmente o material gráfico que é a imagem da quase totalidade da actividade da Arte no Tempo.

Apesar de não ter reunido ainda as condições para desenvolver um maior número de actividades, a Arte no Tempo tem tido a imensa sorte de, desde o primeiro momento, contar com a colaboração de designers criativos e profissionais.

Catarina Lélis foi a responsável pela imagem da última edição das Jornadas Nova Música, do símbolo da Arte no Tempo e da imagem do festival Aveiro_Síntese.

Rita Brandão elaborou o material promocional do evento comemorativo dos 10 anos das Jornadas Nova Música (JNM 10) e é ela a responsável pela imagem da Orquestra XXI.

No momento em que decidimos arrancar com o projecto Omnia Mutantur (as sessões abertas de divulgação musical, regulares e destinadas a um público heterogéneo, em que se partilha e discute música, com especial ênfase na do nosso tempo), começámos a contar com a incansável colaboração do designer David Pinho (que daí a semanas se mudaria para o Camboja, onde actualmente reside).

David Pinho apresenta a particularidade de a cada trabalho nos surpreender, ao ponto da surpresa continuar a ser ainda uma surpresa. Não se limitando a repetir uma “receita” ou aplicar um conjunto de regras definidas desde a apresentação do primeiro ciclo, David pensa a comunicação dos nossos ciclos tendo em conta o conteúdo específico de cada um. O mesmo acontece na criação da imagem do recital Duplo Retrato ou do projecto Musicografias.

Em matéria de webdesign, depois de versões de Luís Antunes Pena e de Nuno Aragão de páginas das Jornadas Nova Música, e de uma página de Paulo Casimiro da Silva e de Nuno C. Inácio dedicada ao festival Aveiro_Síntese, a primeira versão do site com o domínio www.artenotempo.pt (2003) coube a João Martins, a quem se deve também a actual estrutura do site, que consideramos muito funcional e que mantemos disponível desde o início de 2013. O site da www.orquestraxxi.pt conta, desde o início, com o apoio da Senso Comum.

A todos, mas em especial ao David, o nosso profundo agradecimento.

Scroll Up