Menu Fechar

música norueguesa e P. Niblock

Com o apoio do Fundo de Relações Bilaterais das EEA Grants, e no âmbito de uma parceria com a Arte no Tempo, o Ensemble neoN vem pela primeira vez a Portugal, apresentando-se em concerto no próximo dia 6 de Outubro, às 21h30, no Teatro Aveirense.

A iniciativa envolveu um workshop com os músicos do Ensemble neoN e do ars ad hoc com compositores portugueses ou residentes em Portugal que, graças à pandemia, acabou por se realizar à distância, através das plataformas digitais. Prevista para Maio de 2020, a visita do Ensemble neoN a Portugal acabou por decorrer já após a ida do ars ad hoc a Oslo, no mês passado.

Para a Arte no Tempo e o ars ad hoc, a parceria com o Ensemble neoN possibilitou o estreitamento de relações com músicos e compositores noruegueses, tendo como consequência a vinda a Aveiro, em Outubro de 2020, do duo Hellqvist/Amaral, assim como um conjunto de diferentes parcerias já em desenvolvimento, que apenas aguardam financiamento para se concretizarem.

Para já, teremos oportunidade de usufruir de um concerto com música de compositores noruegueses a que o Ensemble neoN junta To Two Tea Roses [2012], do popularíssimo Phill Niblock (1933).

De Jan Martin Smørdal (1978), compositor e guitarrista que integra o Ensemble neoN, serão interpretadas All Play [2014] e Flock of Me [2015/16]. De Kristine Tjøgersen (1982) – também clarinetista do Ensemble neoN, compositora que em 2020 recebeu os prestigiados prémios noruegueses Arne Nordheim e Pauline Hall e de quem, também em 2020, o ars ad hoc estreou Adagio & Beethovenfest (obra composta por encomenda da Fundação Centro Cultural de Belém) – far-se-á a estreia portuguesa de Travelling Light [2014].
Antes de se ouvir Niblock, a cantora Silje Aker Johnsen e Bernt Isak farão uma improvisação em voz e electrónica.

Scroll Up