Menu Fechar

Madalena Soveral em Aveiro

A sessão desta semana do projecto Omnia Mutantur conta com a presença da pianista portuguesa cujo nome acabamos por mais rapidamente associar à música contemporânea.

Entre os primeiros projectos discográficos de Madalena Soveral encontra-se a gravação das obras para piano solo de Emmanuel Nunes: Litanies du feu et de la mer I e II (1969-71). Disponíveis na etiqueta Numérica desde 1992 [NUM1007], estas obras marcaram um momento específico da carreira da pianista que culmina com um brilhante estudo analítico (realizado no final da década de 90), do qual partilhará algumas conclusões com o público no Museu Arte Nova (Aveiro), na próxima quarta-feira, dia 9, às 21h00.

Scroll Up