Menu Fechar

atrás da música, no verão

Os festivais de verão, no Norte, começaram este fim-de-semana.

Como habitualmente, o Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim abriu com uma conferência. Rui Vieira Nery abria o cartaz no dia 5 de Julho, falando sobre Benjamin Britten, ao que se seguia o concerto de sábado com o agrupamento Vox Luminis, dirigido por Lionel Meunier, confirmando a marca identitária de um festival em que a música antiga assume um papel central com sérias garantias de qualidade.

O Festival Internacional de Música de Espinho abriu no sábado, dia 6, com um evento absolutamente notável que mereceu as mais entusiásticas palmas do caloroso público espinhense. Em palco estiveram o Quarteto de Cordas de Matosinhos e o pianista Pedro Burmester, interpretando de forma excepcional os quintetos de Brahms e de Dvorak.

Pedro Burmester mostrou-se como um pianista perfeitamente capaz de tocar em conjunto, fazendo-se música ao mais alto nível.
Brilhou a música com a incrível afinação das cordas, os agudos irrepreensíveis de Vitor Vieira, o canto do violoncelo de Marco Pereira e a viola comunicativa e seguríssima de Jorge Alves, perante o auditório cheio da Academia de Espinho.
Este notável programa repete no Festival da Póvoa de Varzim a 25 de Julho.

Mais ao centro, o Festival das Artes terá início no 16 de Julho, em Coimbra. Já em curso e até 21 de Julho, Alcobaça oferece o festival Cistermúsica.

O Festival de Sintra e o Festival de Música do Estoril também estão já a decorrer.

Há que fazer um roteiro e escolher entre as propostas!

Por cá, o projecto Omnia Mutantur entrou de férias, regressando em Setembro com mais nova música.

Os ingressos para os concertos da Orquestra XXI da Casa da Música (5 de Setembro) e Centro Cultural de Belém (7 de Setembro) encontram-se já à venda. Os concertos dos Mosteiros de Tibães (4 de Setembro) e da Batalha (6 de Setembro) serão de entrada livre.

Errata (actualização de 10.Julho)

O programa que o Quarteto de Cordas de Matosinhos interpretará com Pedro Burmester no Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim no dia 25 de Julho é, afinal, diferente do que interpretou no Festival Internacional de Música de Espinho.

Scroll Up