Menu Fechar

AnT nos Festivais de Outono

No mês passado, a Arte no Tempo fez-se representar nos Festivais de Outono, promovidos pela Universidade de Aveiro, através de dois concertos bem distintos entre si.

O primeiro teve lugar no dia 7, com João Casimiro Almeida (pianista do ars ad hoc) a apresentar-se a solo com um programa composto por sonatas de Beethoven.

Em ano de efeméride, o piano não podia deixar de marcar presença, assinalando a produção de um compositor igualmente notável enquanto pianista. João Casimiro de Almeida interpretou duas sonatas de períodos diferentes: a Sonata nº 4, em Mi Bemol Maior, Op. 07 e a última sonata que Beethoven escreveu, a magistral Sonata Op. 111, em dó menor.

No dia 12, o Magnet duo representou a celebração do tempo presente com o programa “(…) do ferro e do bronze (…)”, estreando obras compostas para si, por encomenda da Arte no Tempo, com o financiamento da Direcção Geral das Artes.

Embora este não tenha sido o primeiro concerto realizado pelo Magnet duo para, ou com, a Arte no Tempo, este foi o primeiro com um programa composto exclusivamente por obras escritas para o este grupo, formado por Nuno Aroso e Mário Teixeira.
Intercalando as obras em estreia de Ângela da Ponte (Tellurium) Inés Badalo (Electrum) e Ricardo Ribeiro (Chalybis Geometriae), o Magnet interpretou ainda uns interlúdios da autoria de Mário Teixeira.

[2. Dezembro. 2020]

Scroll Up