Ricardo Lopes

Publicado em biografias - intérpretes

RicardoLopesFinalizou o curso do Conservatório de Lisboa em 1984. Foi professor de oboé na mesma instituição, membro da Orquestra Sinfónica do Teatro Nacional de S. Carlos e é actualmente primeiro oboé da Orquestra Sinfónica Portuguesa. Trabalhou, quer particularmente quer em masterclasses, com David Reichenberg, Ingo Goritzki, Eric Niord Larsen e Diethelm Jonas. Colaborou com diversas orquestras como 1º oboé, entre as quais a Orquestra Sinfónica do TNSC, a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra do Norte e a Orquestra Regie Sinfonia. Apresentou-se a solo à frente da Orquestra Sinfónica do TNSC (Sinfonia Concertante de Mozart), da Orquestra Regie Sinfonia (Introdução, Tema e Variações de Hummel e Concertino para Corne Inglês de Donizetti), da Orquestra Nacional do Porto (Concerto de Martinu) da Orquestra Sinfónica Portuguesa (2º concerto Brandeburguês e Concerto para oboé e violino de Bach, e Sinfonia Concertante de Mozart). É desde 1995 professor de oboé na Escola Superior de Música do Porto. É membro fundador do Quinteto Flamen e faz parte da Capela Real onde toca oboé barroco.

(última actualização: Dezembro de 1998)