Álvaro Teixeira Lopes

Publicado em biografias - intérpretes

Alvaro Teixeira Lopes PIANOlowNatural do Porto, concluiu em 1981 o Curso Superior de Piano do Conservatório de Música do Porto com classificação de 20 valores. Em Portugal, foi aluno de Isabel Rocha e de Helena Sá e Costa. Em 1979/80 estudou em Lisboa no Conservatório Nacional com Jorge Moyano.
Como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, do governo austríaco e da Secretaria de Estado da Cultura prossegue os seus estudos em Viena com Paul Badura Skoda e com Noel Flores e, em Paris, com Marian Rybicki.
Distinguido com diversos prémios, Teixeira Lopes desenvolve uma intensa actividade nacional e internacional como solista e em música de câmara, sendo frequentemente convidado a tocar nos mais prestigiados festivais em Portugal e em França, Bélgica, Alemanha, Itália, Brasil, Malta, Espanha e Inglaterra.
É membro de Solistas do Porto e do Khora Emsemble, actuando regularmente com o Quarteto Suggia, e em dueto com o violoncelista José Pereira de Sousa e com o pianista Fausto Neves.
Gravou dois CDs com José Pereira de Sousa para a etiqueta Numérica, um dos quais totalmente dedicado a música portuguesa do séc. XX. Com o Quinteto Khora Ensemble gravou um CD com música de Astor Piazzolla. Em 2006 gravou um CD a solo com obras de Amílcar Vasques Dias: Doze Nocturnos Em Teu Nome e Lume De Chão – tecido de memórias e afectos.
O seu reportório inclui estreias de peças de Cláudio Carneyro, Frederico de Freitas, Fernando Corrêa de Oliveira, Fernando Lapa, Cândido Lima, Amílcar Vasques Dias, António Chagas Rosa e Evgueni Zouldikine, algumas das quais lhe são dedicadas.
Fez a estreia portuguesa de Visions de L´Amen, de Olivier Messiaen, com o pianista Miguel Borges Coelho, e do Concerto para Piano e Orquestra, de Nino Rota, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa.
Tem orientado numerosos cursos de interpretação e de pedagogia pianística em Portugal e na Academia Mozarteum em Salerno, Itália.
É frequentemente convidado a integrar júris de concursos de piano, tendo sido membro do júri do XI, XV e XX Concurso Internacional de Piano Cidade do Porto. Foi representante de Portugal no XXI Concurso de Piano Valentino Bucchi, em Roma. Em Portugal, integrou o júri dos Concursos Florinda Santos, Internacional da Cidade do Fundão, Ibérico de Piano do Alto Minho, Internacional de Piano Luís Costa, do Conservatório de Música do Porto, Santa Cecília e, ainda, Marília Rocha.
É Professor Auxiliar Convidado do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, onde ensina piano e música de câmara, sendo igualmente membro da Direcção da Academia de Música Fernandes Fão e Director do Curso de Música Silva Monteiro.
É Director Artístico do Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho e do Concurso Santa Cecília e do Festival em Rotação.
Dirige com o actor Pedro Lamares o Projecto COiNCIDÊNCIA.

(última actualização: Dezembro de 2010)