Peter O’Hagan

Publicado em biografias - intérpretes

O haganEstudou na Universidade de Cambridge e na Guildhall School of Music and Drama, e em privado com Peter Katin e Kendall Taylor. Executou vários recitais em Londres, várias regiões do Reino Unido, e na Europa, desde a sua estreia no Wigmore Hall, incluindo concertos na Alemanha e em Espanha. O seu repertório nos mais de vinte recitais do South Bank Centre de Londres (Sala Purcell) incluiu as três sonatas de Pierre Boulez, e várias obras de Stockhausen, Ligeti, Messiaen, entre vários dos mais importantes compositores do século XX. Possui uma ligação especial com a música inglesa, e encomendou várias obras, incluindo Six Etudes e Sonata a Edwin Roxburgh. Em 1998 executou um recital com música inglesa dos anos 90, na St. John’s Smith Square.
No ano de 2000 executou vários recitais com a música de J. S. Bach e Pierre Boulez, incluindo um concerto aclamado das Variações Goldberg no Bach Bath Festival. Um recital em St. John’s em Novembro de 2000 proporcionou uma rara oportunidade de ouvir a versão em três andamentos da 3ª Sonata de Pierre Boulez, após permissão do compositor. Peter O’Hagan elaborou um estudo especial desta obra, incluindo uma pesquisa de três meses, como bolseiro da Fundação Paul Sacher, em Basileia, durante a qual foi possível o exame do manuscrito original das obras para piano de Boulez. Consequentemente, tem executado vários artigos e conferências sobre a música de Boulez.
Planos futuros incluem um recital em Londres em 2002, um capítulo sobre Boulez no livro French Music since Berlioz (Ashgate, 2002), e a edição de um volume dedicado à música contemporânea inglesa.
Peter O’Hagan é Principal Lecturer na área de Música na Universidade de Surrey Roehampton, onde ensina música contemporânea e executou numerosos recitais.

(última actualização: Dezembro de 2001)