Godfried-Willem Raes

Publicado em biografias - compositores

Godfried-Willem Raes nasceu em Gent em 1952. Conhecido como "fazedor de música" no mais lato sentido da expressão : como organizador de concertos foi responsável, entre 1973 e 1988, pela programação de concertos de nova música da Sociedade Filarmónica no Palácio das Belas Artes, em Bruxelas. Foi ainda responsável, e até hoje, por todos os concertos que têm lugar na Fundação Logos, em Gent, num total de cerca de 150 concertos internacionais de música contemporânea por ano. Ao longo de 30 anos tornou a Fundação Logos numa das mais activas sociedades de nova música da Bélgica. Como compositor/intérprete e construtor de instrumentos, é o fundador do Logos Ensemble (1968), no seio do qual nasce o actual Duo Logos com Moniek Darge.
Godfried-Willem Raes estudou musicologia e filosofia na Universidade de Gent, tal como piano, clarinete, percussão e composição no Conservatório de Gent. Publicou um grande número de ensaios e artigos na imprensa especializada. Em 1982 recebeu o prémio Louis Paul Boon pelo seu desempenho no trabalho artístico. Em 1988 tornou-se professor de música experimental e composição no Conservatório de Gent. Desde 1997 é também professor no Orpheus Higher Institute for Music. Em 1990 desenhou e construiu uma sala de concertos (tetrahedron-shaped concert-hall) para a Fundação Logos, com o qual foi vencedor do prémio Tech-Art 1990.
Juntamente com a sua reputação como compositor, é também um conhecido perito na tecnologia informática e electrónica. É doutorado pela Universidade de Gent com base numa dissertação sobre a tecnologia de instrumentos virtuais de sua própria concepção e invenção. É autor de uma extensa linguagem de programação para composição musical algorítmica em tempo real <GMT>, que corre na plataforma Wintel. Actualmente é presidente da Fundação Logos.


(última actualização: Dezembro de 2000)