José Manrique

Publicado em biografias - compositores

JManriqueNascido em Baracaldo (País Basco), em 1962, Manrique vive em Madrid desde 1970, tendo efectuado os seus estudos musicais no Real Conservatorio Superior de Música de Madrid, onde estudou piano com Guillermo Gonzalez e análise de técnicas de composição com Luis de Pablo. Trabalhou ainda composição electroacústica com Gabriel Brncic no Gabinete de Música Electroacústica (GME) de Cuenca.
O seu contacto com o Laboratorio de Informática y Electrónica Musical (LIEM) de Madrid proporcionou-lhe o acesso à informação sobre as novas técnicas e os sistemas de controle digital do som e da composição, graças a Xavier Serra e Daniel Teruggi, entre outros.
A música de Manrique tem-se desenvolvido sobretudo no campo da electroacústica - quer música pura, de estúdio, quer com instrumentos - e tem sido apresentada em vários festivais em Espanha, França e Itália, entre os quais as Muestras de Música Electroacústica em Cuenca, de 1991 a 1994, o Seminário Internacional de Música e Computadores na Universidade Internacional de Menendez e Pelayo, em 1992, o Festival Punto de Encuentro em Madrid, em 1994, o Festival de Música Contemporânea de Alicante, em 1995, as Jornadas de Música Electroacústica de Vitória em 1996, o Festival "Synthèse" de Bourges, em 1995 e 1997, os Encontros de Milan em 1996, o Festival de Música do Século XX de Bilbau, em 1996, e o IV Festival de Música Contemporânea de Barcelona, em 1997, Jornadas de Informática Musical, Madrid 1998, Festival de Granada 1999.
José Manrique escreveu também para teatro, vídeo e música para crianças.
Para além do seu trabalho de compositor, desde 1990 dedica uma boa parte do seu tempo ao ensino da música para crianças e adolescentes versando as áreas da interpretação, composição, improvisação e análise.

(última actualização: Dezembro de 2001)