Morton Feldman

Publicado em biografias - compositores

Morton Feldman 1976Nascido a 12 de Janeiro de 1926, em Nova Iorque, Morton Feldman estudou piano com Maurina-Press, aluna de Busoni, a quem dedicou Madame Press Died Last Week at Ninety (1970).
As suas primeiras composições são influenciadas pelo estilo de Scriabine. Wallingford Riegger, em 1941, depois Stefan Wolpe, em 1944, tornaram-se seus professores de composição. Durante o Inverno de 1949-1950, Feldman encontra John Cage, que o encoraja a seguir uma via intuitiva, longe de qualquer sistema. Tentado pela escrita gráfica que usa em Projection 2, renuncia-lhe entre 1953 e 1958 e depois, definitivamente, em 1967, com In Search of an Orchestration, recusando que os seus intérpretes disfarçassem de arte de improvisação uma tal notação.
Amigo do poeta Frank O'Hara, do pianista David Tudor, dos compositores Earle Brown e Christian Wolff, dos pintores Mark Rothko, Philip Guston, Franz Kline, Jackson Pollock e Robert Rauschenberg, cujos nomes marcam os títulos de numerosas das suas composições, Feldman é nomeado professor da Universidade de Nova Iorque / Buffalo (1973 - 1987), onde ocupa a cátedra de Edgard Varèse. Em 1984 e em 1986 ensina nos cursos de Verão de Darmstadt.
Morre a 3 de Setembro de 1987.

Laurent Feneyrou
retirado do programa do Festival d'Automne à Paris, 1997