Música e Teatro

Publicado em Omnia Mutantur

cartaz Shakespeare

série III | 1o ciclo | Abril/Maio de 2016

 
Museu Arte Nova
5as feiras | 21h30

14 Abril | João Martins

«Por ocasião da estreia de “trans/missão”, a mais recente criação do Visões Úteis, em 2015, numa conversa pública a propósito das colaborações que sustentavam esse projecto e da natureza dos processos criativos, pude (re)afirmar, em jeito de balanço dos últimos 15 anos, que alguns dos momentos mais marcantes do meu percurso como criador de bandas sonoras, eram também alguns dos momentos mais embaraçosos, no meu percurso como músico: baladas pop pseudo-adolescentes, riffs de heavy metal, música sintética de elevador, entre outros exemplos mais ou menos cómicos.
Não é exactamente uma piada, nem exactamente coisa nenhuma, a não ser a constatação de que, nesse processo de criar música que sirva a cena, e num contexto dum projecto artístico que não vive da repetição de fórmulas estéticas, a minha reinvenção permanente, como compositor, improvisador, construtor de instrumentos e o que mais houver, resulta dum compromisso real com a identidade do espectáculo.» [João Martins]

21 Abril | André e. Teodósio

Membro fundador da companhia Teatro Praga, André e. Teodósio abandonou um caminho na música para se dedicar ao teatro. O seu trabalho de encenador não deixa de se cruzar com a música. Teremos nesta sessão o testemunho de uma íntima relação entre as duas áreas.

28 Abril | Ana Cancela

O tema desta comunicação prende-se com o estudo das possíveis relações exercidas entre a música e as artes plásticas na construção do espaço cénico contemporâneo. Trata-se de uma análise da transdiciplinaridade inerente à elaboração dos ambientes cénicos para os espetáculos teatrais e tem como objectivo estudar os dispositivos cénicos concebidos a partir de influências recíprocas entre o teatro, as artes plásticas e a música, que testemunham a forte apetência transdisciplinar que caracteriza o contexto cultural contemporâneo, permitindo encontrar profícuos espaços de reflexão e de produção.

05 Maio | Pedro Junqueira Maia

A partir da experiência própria, confrontam-se as opções pessoais a propósito dos trabalhos realizados em música de cena (teatro encenado, leituras encenadas, dança), procurando-se assim dar a conhecer o universo específico da abordagem a este "género" de composição. 

 

Apoios

               brasao cma                                    logo-MANA 02              

 

     DeCA-UA

   
                                                                                  logo DiariodeAveiro