Hélder Gonçalves

Publicado em biografias - intérpretes

HelderGoncalvesIniciou os estudos musicais aos 9 anos, ingressando aos 15 anos na Escola Profissional Artística do Vale do Ave- ARTAVE na classe do professor Francisco Ribeiro, onde concluiu o curso com a classificação de 19 valores.
Terminou o Mestrado em Artes Musicais em Performance no instrumento Clarinete na Universidade Nova de Lisboa/ Escola Superior de Música de Lisboa.
Licenciado em Clarinete pela Escola Superior de Música de Lisboa (ESML) com igual média, concluiu o Mestrado em Artes Musicais em Performance na Universidade Nova de Lisboa / ESML.
Frequentou Master Classes com clarinetistas como Guy Deplus, Phillipe Cuper, Paul Mayer, Enrique Perez Piquer, Andrew Simon, Joan Enric Luna, J. Lawrie Bloom, António Saiote, Nuno Silva, Carlos Alves, Lorenzo Coppola e Walter Boeykens, entre outros.
Foi solista e chefe de naipe na Orquestra Sinfónica e Orquestra de Sopros da ARTAVE e membro da Orquestra Sinfónica Portuguesa Juvenil (2000) e da Orquestra Clássica da ESML (entre 2000 e 2002). Foi músico convidado da Orquestra de Câmara do Estágio de Interpretação das Jornadas Nova Música (JNM), de 1999 a 2001. Colaborou ainda com a Orquestra da Ópera do Atlântico, a Orquestra Clássica de Coimbra (2002) e com a Orquestra Sinfónica Portuguesa.
Em 2001 representou a ESML em Vigo, realizando vários recitais.
É membro fundador do trio de Madeiras “Impromptus” e do Quarteto de clarinetes “4REEDS” com o qual tem realizado master classes e concertos pelo país, incluindo gravação em directo para a Antena 2.
Orientou vários cursos de aperfeiçoamento e master classes e lecciona clarinete e Música de Câmara nos Conservatórios de Música Jaime Chavinha (Minde), David de Sousa (Figueira da Foz) e no Conservatório Regional de Coimbra.
Actualmente é Músico Honorífico da Banda Sinfónica da GNR, solista da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, fazendo parte do quinteto de sopros residente da Orquestra. Também é solista da Banda Sinfónica Portuguesa, tendo passado ainda pelas Nova Orquestra Sinfónica de Lisboa e da Orquestra de Câmara de Sintra.
Hélder Gonçalves conta com diversos prémios nacionais, entre os quais o 1º lugar no concurso de Música de Câmara da OPEM em Castelo Branco (1999) e o Prémio Nova Música de Interpretação (2001).

(última actualização: Dezembro de 2007)