Miguel Azguime

Publicado em biografias - professores e conferencistas

AzguimeQuandoEraNovoNascido em 1960, o compositor, poeta e percussionista Miguel Azguime fundou em 1985 o Miso Ensemble, duo de flauta e percussão, reconhecido pelo público e pela crítica como um dos mais importantes agrupamentos portugueses de música contemporânea. Para além de numerosos concertos em Portugal (mais de 300) o Miso Ensemble tem-se apresentado regularmente no estrangeiro, nomeadamente na Alemanha, Bélgica, Bulgária, China, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Itália, Reino Unido e Suíça.
Miguel Azguime obteve vários prémios de composição e de interpretação. Compôs para formações diversas (instrumentais e/ou vocais) e ainda música electroacústica, incluindo música incidental para teatro, para dança e cinema.
Recebeu encomendas da Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação das Casas de Fronteira e Alorna, Fundação das Descobertas/Centro Cultural de Belém, RDP, Europália, Câmara Municipal do Seixal, Câmara Municipal de Setúbal, Câmara Municipal de Lisboa, Festival dos 100 dias, Fundação Oriente, Expo’98 e Festival de Heidelberg.
As suas obras estão editadas em 3 discos monográficos e 3 livros de poemas, incluindo “Parfaire Le Bleu”, recolha dos últimos 10 anos do seu trabalho poético.
Para além da sua actividade como compositor, poeta e percussionista, dedica-se ainda activamente à divulgação e difusão da música contemporânea, seja como director artístico da editora independente Miso Records e do Festival Música Viva, seja como realizador da emissão radiofónica “Música Hoje”, na RDP Antena 2.

(última actualização: Dezembro 2001)