Quartetto Prometeo

Publicado em biografias - intérpretes

Quartetto Prometeo“Cinco obras características, admiravelmente executadas por estes quatro jovens italianos... O Quartetto Prometeo, do início ao final do concerto, foi digno da sua jovem reputação”, escreveu Pierre Petit em “Le Figaro”, na ocasião do concerto recente em Stresa, quando o Quartetto Prometeo executou obras de Stravinsky, Schnitke, Malipiero, Kurtág e Novak.
Vencedor da “50th Prague Spring International Music Competition” em Maio de 1998, o Quartetto Prometeo, na mesma ocasião, foi condecorado com o “Prémio especial Bärenreiter pela melhor execução do Quarteto K590 de Mozart de acordo com a partitura original”, o prémio “Cidade de Praga” como melhor quarteto e o prémio “Pro Harmonia Mundi”.
O Quartetto Prometeo foi designado como grupo residente na Academia Britten-Pears (1998) e recentemente recebeu o prémio “Thomas Infeld” na International Sommer Akademie Prag-Wien-Budapest-1999 pela “execução extraordinária de uma obra de música de câmara para cordas” e o segundo prémio no Concurso Internacional de Quartetos de Bordeaux (“Depois do desaparecimento dos seus ilustres antecessores do Quartetto Italiano, raramente ouvimos tal sensibilidade e sinceridade” - François Clairant, Sud-Ouest).
Fundado em 1993, o Quartetto Prometeo junta quatro jovens artistas dos solistas da Orchestra Giovanile Italiana, apoiados e encorajados pelo empenho entusiasta, didáctico e humano, dos seus professores Piero Farulli e Andrea Nannoni. Desde o início o quarteto recebeu várias bolsas importantes da Scuola di Musica de Fiesole e da Accademia Chigiana de Siena, onde em Agosto de 1995 ganharam o prestigiado diploma de honra. O quarteto está actualmente a ter master classes com Piero Farulli e Andrea Nannoni e com Milan Skampa em repertório Eslavo.
As actuações mais recentes do Quartetto Prometeo incluem um convite para o Wexford Festival – onde executou obras de Casella, Ghedini, Malipiero e Pizzetti encomendados pelo mesmo festival – para o Musikverein de Viena, Salle Cortot em Paris, Accademia Chigiana de Siena, Belfast BBC Radio 3, Festival da Primavera de Praga, Festival Ravello, Vorpommern Festival em Hamburgo, Settimana Musicale Mahler em Dobbiaco, Settimane Musicali em Stresa, Asolo Musica, Associazione Scarlatti em Nápoles, Amici della Musica em Perugia, Festivais de Aldebourgh e Orlando, Wigmore Hall em Londres e o Festival Die Lange Nacht der Elektronischen Klange 2000 em Berlim.
Futuros compromissos incluem concertos no Belfast Waterfront Hall para a BBC, Grand Théâtre du Bordeaux (estreia Francesa do Quartetto n. 7 de Salvatore Sciarrino), Accademia di Santa Cecilia em Roma (estreia mundial dos Esercizi di tre stili de Sciarrino), Società del Quartetto em Milão (estreia mundial de Tar de Ivan Fedele), e ainda tournées em França, Suiça e Reino Unido.
O Quartetto Prometeo também tocou com o famoso violetista Piero Farulli e com o pianista Michele Campanella, tocando em salas e temporadas de renome mundial. Gravou para a BBC Radio 3, RAI Radio 3 e para a ORF Rádio Nacional Austríaca.

(última actualização: Dezembro de 2000)