Música em Criação

Publicado em Blog AnT

Após o intenso período dos Reencontros de Música Contemporânea, em que não houve sequer oportunidade de aqui darmos conta do que andávamos a fazer, esta semana convidamo-vos a assistir a um conjunto de peças de 3 jovens compositores, seleccionados no âmbito da rúbrica Música em Criação.

MEC2017concerto

O Museu Arte Nova acolhe, esta quinta-feira (18 de Maio), um concerto com obras de jovens compositores seleccionadas no âmbito de um concurso que a Arte no Tempo lançou, com o intuito de divulgar a música de jovens portugueses e/ou residentes em Portugal.

A música que agora se escutará foi composta por dois alunos da Escola Superior de Música de Lisboa (ESML) e uma antiga aluna do Conservatório de Música de Aveiro que actualmente frequenta a Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (Porto). A Pedro Bento, Professor Coordenador do Departamento Curricular de Ciências Musicais da Escola de Música do Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian (CMACG), cabe a apresentação das peças e dos seus autores, em conversa pré-concerto.

Produtora do festival DME e presidente da associação EMSCAN desde 2016, Mariana Vieira (Lisboa, 1997)– que obteve o 1º prémio no concurso de composição/interpretação Nano Músicos Electroacústicos 2014, tendo apresentado o seu trabalho em festivais como Monaco Electroacoustique e  Aveiro_Síntese– é reincidente no projecto Música em Criação.  Depois de ter trazido a Aveiro Multiphonic Shaping, para saxofone e electrónica, traz-nos agora O Lugar Suspenso (B), para harpa e electrónica sobre suporte, na interpretação da harpista Salomé Pais Matos. Também Jorge Ramos (Braga, 1995)– como Mariana Vieira, aluno da ESML– é um reincidente no mesmo projecto: em 2016 foi seleccionada a sua Project 2, para electrónica sobre suporte; mantendo o meio da electrónica fixa, para este ano propôs Lesson of the future (para 4 canais). A grande novidade é Francisca Martins (Aveiro, 1998), que estudou com Pedro Bento no CMACG e aqui se estreia esta semana na Arte no Tempo com Puking Inwards, para 2 saxofones, bateria, electrónica e video, com Pedro Santos saxofone soprano), Lucas Rodrigues (saxofone barítono) e João Dias (percussão).

De entrada livre, o evento inicia-se às 21h30, com entrada pelo Largo da Praça do Peixe (Casa de Chá Arte Nova).