Virgílio Melo

Publicado em biografias - compositores

VirgilioMelo2Compositor, professor e musicógrafo, nasceu em Lisboa, em 1961. Iniciou os estudos musicais no Conservatório Nacional de Lisboa em violino e composição, tendo sido particularmente marcado pelas aulas de Constança Capdeville e de Santiago Kastner. Estudou composição com Emmanuel Nunes em Paris e Colónia como bolseiro da Fundação Gulbenkian. Obteve o Diploma de Composição, por unanimidade, na Ecole Normale de Musique de Paris, o Primeiro Prémio de Estética do Conservatoire Supérieur de Musique de Paris e Segundo Prémio de Música Electrónica no Conservatoire Royal de Musique de Liège (Bélgica). Frequentou o Curso de Técnico de Som no Institut des Arts de Diffusion em Louvain-la-Neuve (Bélgica).
Como compositor teve obras interpretadas em Portugal, França, Alemanha, Bélgica e Hungria. Participou nos Encontros de Música Contemporânea de Lisboa, no Festival Música em Novembro, no Festival Ars Musica em Bruxelas e no Festival Música Viva. Já recebeu encomendas de instituições tais como Porto 2001, Universidade de Aveiro, Escola Profissional de Viana do Castelo e Artave, nomeadamente para várias obras pedagógicas.
Tem editadas partituras na Oficina Musical, nas Ediciones Cecilia Colien Honegger e no Núcleo de Jornalismo Académico do Porto. Presentemente é representado pelas Edições do Atelier de Composição que têm no prelo várias obras. Estão igualmente disponíveis registos de obras suas em CD.
Como musicógrafo colaborou com diversos textos tanto para publicações especializadas, como para outras de carácter mais generalista, nomeadamente no jornal Público, na revista Colóquio/Artes, Arte Musical, em diversos programas de concertos para Gulbenkian, TNSC, entre outros, e na colecção Compositores Portugueses Contemporâneos. Esta vertente da sua actividade tem recebido a atenção da crítica especializada que salientou a …fineza analítica e […] solidez e pertinência teórica (Público, Mil Folhas, 7.Dez.2002), e …no âmbito da musicologia nacional, se perfila como um dos mais finos intérpretes da música portuguesa contemporânea. (Público, Mil Folhas, 22.Maio.2004). Realiza regularmente sessões de audição comentada, em particular no Norte do País, com a Associação Músicas e Músicos, de que é vice-presidente.
Possui igualmente experiência de direcção musical de agrupamentos vários, tendo tido aulas privadas de direcção de orquestra com Luca Pfaff e Jean-Claude Harteman.
Tem exercido intensa actividade docente em diversas instituições secundárias e superiores, tais como a ESMAE e a Universidade de Aveiro.

(última actualização: Outubro de 2014)