Isabel Soveral

Publicado em biografias - compositores

6.isabelSoveralNascida no Porto, estudou no Conservatório Nacional com os compositores Jorge Peixinho e Joly Braga Santos. Obteve o mestrado e doutoramento em composição pela Universidade Estadual de Nova Iorque, em Stony Brook.  
A sua música tem sido apresentada em Portugal, Espanha, França, Itália, Hungria, Áustria, Suíça, Polónia, Hong Kong, Macau, Argentina, Brasil, Cuba e Estados Unidos.
É professora de Composição no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro desde 1995.

Festivais Internacionais em que participou:
“Dias de Música Contemporânea”, Vigo,1985; "Comune di Firenze", Itália, 1986;
“Festival Internacional de Música Contemporânea FOCUS”, Nova Iorque; “Encontros Gulbenkian de Música Contemporânea”, Lisboa, (1984.1993 e 1995); "The 1988 ISCM-ACL World Music Days", Hong Kong”; "Wien Modern", Viena,1998; “Música em Novembro”, Lisboa, 1998; "ISMEAM 99", Sarvar;  "Tage für Neue Musik", Zürich, 1999; “VII Festival de Música Electroacústica - Spring in Havana 2000”; “VIII Festival de Música Electroacústica - Spring in Havana 2002”; “Música Viva”  Lisboa, (1999 e 2000). A sua peça Anamorphoses III foi seleccionada para o Festival  "The 2002 ISCM-ACL World Music Days”.

Do seu catálogo destacam-se:
Quarteto (1984)
Estreada nos Encontros Gulbenkian de Música Contemporânea, Lisboa.
Fragmentos (1985)
Estreada no Festival - Dias de Música Contemporânea de Vigo e seleccionada para representar parcialmente Portugal no Festival Internacional de Música Contemporânea FOCUS, Nova Iorque.
Contornos I (1987)
Premiada no Concurso "Exposisom" JMP e seleccionada para a representação portuguesa no festival "The 1998 ISCM-ACL World Music Days", Hong Kong.
Anamorphoses I – VI  (1993- 2000)
Estreadas nos Encontros Gulbenkian de Música Contemporânea, Lisboa, e Musikhochschule, Zurique.
...Un soir j'ai assis la Beauté sur mes genoux.- Et je l'ai trouvée amère (1998)
Encomenda da Culturgest, estreada no concerto de  homenagem a Bertolt Brecht intitulada "Os Sete Pecados Capitais".
Inscriptions sur une Peinture (1998)
Encomenda do Teatro Nacional  S. Carlos, estreada pelo grupo Klangforum em Novembro de 1998 no Festival "Wien Modern", Áustria.
Mémoires d’Automne / Quadro I (1999)
Estreada no concerto/entrevista dedicado à sua obra no âmbito do ciclo
“Compositores Portugueses”, Teatro Nacional de S. Carlos.

Obras em CD:

Opium I e II  para clarinete solo
 “Música Portuguesa Contemporânea”. Portugalsom e Strauss, 1995.
Quadramorphosis para quatro percussionistas e fita magnética; Opium II para clarinete solo
“Três Compositoras Portuguesas”, 1995. EMI Classics
Momento I, para piano solo. Sociedade de Música Contemporânea de Barcelona. 1995.
Anamorphoses III, Musicoteca, Lisboa, 1996.
Anamorphoses VI (versão sem electrónica)
“In Memorian Jorge Peixinho”. Editora Nova Música
Inscriptions Sur Une Peinture, Heart, 2001. Editora Capella
Mémoires d’Automne / Quadro II
Nova Música par Flauta– 2001. Editora Numérica

[http://isabelsoveral.com/]

(última actualização: 2002)