Temporada 2016/17

Escrito por editor AnT ligado . Publicado em Blog AnT

A nova temporada da Arte no Tempo traz algumas novidades: novas parcerias, novas actividades e novos formatos nas acções já habituais.

Até dia 7 de Outubro (sexta-feira), encontram-se abertas as inscrições para o Curso Livre de Músicas Modernas e Contemporâneas, que decorrerá de 20 de Outubro a 11 de Maio, no Auditório do Atelier Pompílio Souto (R. Nascimento Leitão, nº 28), sob a orientação de Diana Ferreira.

 

cursolivremusica-1000X500

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Destinado a um público jovem e adulto interessado em alargar os seus conhecimentos sobre música ocidental de tradição erudita, o presente curso livre surge sem a pretensão de explorar exaustivamente toda a música dos século XX e inícios de XXI. Propõe-se antes uma leitura de momentos essenciais da história da música ocidental mais recente, tomando como ponto de partida a análise de elementos de continuidade e de ruptura do final do século XIX, sempre com vista a uma plena fruição da arte musical.

Colaboradora do jornal Público, onde faz crítica de música, Diana Ferreira ensina as disciplinas de Análise e Técnicas de Composição e de História da Cultura e das Artes. É o seu entusiasmo pela música, apoiado em vinte anos de experiência de programação e na atenção com que segue a actualidade musical, que pretende partilhar nas sessões semanais que terão lugar no Atelier Pompílio Souto, junto de um público que não necessita de ter previamente realizado quaisquer aprendizagens formais no campo da música. As sessões encontram-se, para já, agendadas para quinta-feira,  entre as 17h00 e as 19h00, podendo o horário ser ajustado de acordo com a conveniência dos participantes e a disponibilidade do espaço e da formadora.

Mais para o final do mês de Outubro, é altura de retomar o projecto Omnia Mutantur. As sessões de divulgação no Museu Arte Nova, que antes se organizavam em ciclos de sessões semanais (Música no Museu), dão agora lugar a um único ciclo que ocupa a última quinta-feira de cada mês, mantendo-se abertas ao público geral e com entrada livre, no mesmo horário (21h30). Ricardo Guerreiro abrirá a 27 de Outubro este Círculo das 5as, sendo o primeiro de vários compositores que virão falar do seu trabalho na primeira pessoa.

Depois de realizadas também algumas acções para um público escolar, na primavera será tempo de Reencontros de Música Contemporânea. Este é o novo projecto que a Arte no Tempo se encontra a preparar com o Atelier de Composição, com direcção artística de Diana Ferreira e de Pedro Junqueira Maia. Trata-se da primeira edição de uma bienal de música contemporânea organizada pelas duas associações, que em dez dias trará a público mais de vinte concertos, com a colaboração do Teatro Aveirense e do Município.

Outras actividades pontuais serão realizadas ao longo do ano, nomeadamente para públicos mais específicos. Uma delas é a selecção de peças no âmbito do programa Música em Criação, com que se pretende trazer a público o trabalho de jovens estudantes de composição no domínio da electroacústica.