Trevor Wishart

Publicado em biografias - compositores

2.wishartNascido em Inglaterra em 1946, T. Wishart trabalha como compositor experimental independente, no Norte de Inglaterra. Durante os anos setenta, compôs bastante com sons gravados em estúdio. Colaborou em diversos espectáculos artísticos e em obras de teatro musical, tendo trabalhado sobre projectos sobre o ambiente, de vocação comunitária. Tomou igualmente parte activa na criação de música improvisada e participou na organização de colectivos de músicos, em Manchester e em York.
Entre as suas obras mais conhecidas desse período, encontramos Red Bird ...o sonho dum prisioneiro político (electroacústica), e Tuba Mirum (teatro musical no cenário do subterrâneo dum hospital psiquiátrico, para tuba adaptada, surdinas audio-visuais accionadas electronicamente, gravação e actores).  
Durante este período, participou em novas iniciativas no que respeita à educação musical. A partir de meados da década de setenta, interessa-se particularmente pelo potencial musical do computador e pelas possibilidades da voz humana.
A peça intitulada Anticredos (1980), para seis vocalistas com amplificação, faz uso de um grande número de técnicas vocais modernas alargadas, inventando-se novos métodos de notação de sons complexos, enquanto que, no ciclo Vox V, o compositor levou mais longe a exploração do potencial da voz humana num contexto mais vasto.
O interesse de T. Wishart pelos computadores valeu-lhe uma encomenda por parte do IRCAM (Vox V) e deu lugar à criação do Composer's Desktop Project, iniciativa destinada a compositores, conhecida por colocar ao serviço da composição de música electroacústica um conjunto de poderosas ferramentas disponíveis para um grande número de compositores, graças a dispositivos electrónicos domésticos e acessíveis.
A sua obra On Sonic Art (1987) explora o novo universo de possibilidades musicais abertas pelo computador.

[http://www.trevorwishart.co.uk/]

(última actualização: 2002)